COTAÇÃO CÁLCULO DE MOLAS DESENHO BUSCA POR FORNECEDORES TREINAMENTOS
Login Web Molas
 
 
 
:: Webmolas - o maior conteúdo de molas da web ::
Sabado, 16 de Outubro de 2021
Notícia : 16/01 - Álcool subiu 4,5% na semana passada
O preço do álcool ao consumidor avançou na semana passada mesmo com o acordo fechado pelo governo com os usineiros para a redução dos valores cobrados dos distribuidores em R$ 0,03.

Segundo dados da ANP (Agência Nacional de Petróleo) divulgados hoje, o preço médio do álcool hidratado (utilizado para abastecer os veículos) cobrado nos postos brasileiros avançou de R$ 1,650 na primeira semana do ano para R$ 1,724 na semana passada.

Dessa forma, a alta para o consumidor alcançou 4,48%. Nas últimas quatro semanas, o avanço do preço do álcool já atinge 9,6%.

Como possui álcool anidro em sua mistura, a gasolina também avançou na semana passada, passando de R$ 2,477 para R$ 2,501, segundo a ANP. A alta dos últimos sete dias alcança 0,97%.

Os usineiros têm justificado o avanço do álcool com a maior demanda devido à popularização dos carros bicombustíveis e também com a entressafra da cana-de-açúcar, que vai durar até abril.

Na semana passada, em reunião com os ministros Antonio Palocci (Fazenda), Dilma Rousseff (Casa Civil) e Roberto Rodrigues (Agricultura), os usineiros concordaram em reduzir o preço do álcool anidro (usado na mistura com a gasolina) de R$ 1,08 para R$ 1,05 para os distribuidores.

Segundo levantamento semanal realizado pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), órgão da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), da Universidade de São Paulo, os usineiros respeitaram o teto estabelecido no acordo com o governo.

O litro do álcool anidro caiu 3,3% na semana passada, de R$ 1,084 para R$ 1,048 sem impostos. Já o litro do álcool hidratado caiu de R$ 1,035 para R$ 1,021.

A diferença entre os preços do álcool anidro e hidratado pode ser considerada pequena quando comparada à média histórica. Segundo o Ministério da Agricultura, por possuir entre 6% e 8% de água, o álcool hidratado deveria custar entre 5% e 15% menos que o anidro e oscilar entre R$ 0,95 e R$ 1 neste momento.

A ANP também constatou que as distribuidoras aumentaram sua margem de lucro na última semana. O preço do litro do álcool hidratado cobrado pelas distribuidoras dos postos subiu de R$ 1,473 para R$ 1,520 apesar da queda no preço das usinas.

Nesta semana, técnicos dos ministérios da Agricultura e de Minas e Energia se reúnem com representantes de distribuidores e postos de combustíveis para discutir a margem de lucro no setor.

Na semana passada, os técnicos admitiram garantir o repasse da queda do preço acertada com os usineiros utilizando a BR Distribuidora. A estatal possui 37% do mercado de distribuição de combustíveis no país e poderia forçar a concorrência a baixar os preços repassando integralmente os valores mais baixos cobrados nas usinas.
Fonte: Folha Online

Anuncie no Webmolas.com.br    Assine o Webmolas.com.br
 Contato    Cadastre-se
Resolução Mínima 800x600 © Copyright 2001 - 2007 WEBMOLAS