COTAÇÃO CÁLCULO DE MOLAS DESENHO BUSCA POR FORNECEDORES TREINAMENTOS
Login Web Molas
 
 
 
:: Webmolas - o maior conteúdo de molas da web ::
Sabado, 16 de Outubro de 2021
Notícia : 19/10 - Empresário está mais confiante em outubro

Contudo, a confiança ainda assim é bem menor que o registrado em outubro do ano passado. "Os empresários estão pouco otimistas nesse fim de ano, o que contrasta com as boas perspectivas em outubro do ano passado", avalia documento da CNI.


Brasília - A confiança dos empresários apurada pelo Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) melhorou em outubro, na comparação com a última pesquisa divulgada em julho, mas ainda assim é bem menor que o registrado em outubro do ano passado. Dados divulgados hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostram que o ICEI em outubro ficou em 52,7 pontos ante 50,7 em julho. Em outubro de 2004, o ICEI havia sido de 63,8 pontos. "Os empresários estão pouco otimistas nesse fim de ano, o que contrasta com as boas perspectivas em outubro do ano passado", avalia documento da CNI.


As perspectivas com relação à evolução da economia brasileira nos próximos seis meses voltaram a ficar positivas em outubro, após terem ficado abaixo dos 50 pontos em julho, o que indicava pessimismo em relação ao futuro da economia. Segundo a pesquisa, em julho este indicador estava em 48,5 pontos e passou para 52 pontos em outubro. O otimismo, de acordo com a CNI, vem principalmente dos executivos das grandes empresas.


Expectativas melhoram


A CNI também detectou uma ligeira melhora das expectativas para os próximos seis meses em relação ao setor de atividade e à própria empresa. No item em que a pesquisa pergunta sobre as condições atuais dos negócios, o indicador também demonstra uma ligeira melhora, mas continua negativo, alinhado à percepção que os empresários vêm demonstrando desde abril. O indicador ficou 43,5 pontos em outubro, ante 40,8 pontos em julho e 46,1 pontos em abril.


O documento da CNI afirma que os números sugerem que a retomada do crescimento da indústria deve ser gradual. "A baixa confiança afeta negativamente a decisão de investir e de comprar matérias-primas, o que sinaliza a expectativa de uma demanda doméstica ainda fraca para os próximos meses", destaca o documento.


A pesquisa foi realizada entre 26 de setembro e 18 de outubro e ouviu 204 grandes empresários e 1.254 pequenos e médios empresários. Indicadores abaixo de 50 pontos sinalizam pessimismo e acima desse valor demonstra o grau de otimismo de confiança do setor.


Renata Veríssimo


Fonte: http://www.estadao.com.br

Anuncie no Webmolas.com.br    Assine o Webmolas.com.br
 Contato    Cadastre-se
Resolução Mínima 800x600 © Copyright 2001 - 2007 WEBMOLAS