COTAÇÃO CÁLCULO DE MOLAS DESENHO BUSCA POR FORNECEDORES TREINAMENTOS
Login Web Molas
 
 
 
:: Webmolas - o maior conteúdo de molas da web ::
Sabado, 16 de Outubro de 2021
Notícia : 03/04 - Presidente da Vale justifica preços elevados
O custo elevado dos investimentos e o comportamento do câmbio justificam um aumento de 24,6% nos preços do minério de ferro, na avaliação do presidente da Vale do Rio Doce, Roger Agnelli. Para a companhia, a expectativa é que o setor siderúrgico continue com uma forte demanda em 2006 e que os preços do minério de ferro reflitam a realidade do mercado.

A Vale está em fase de negociações com seus clientes internacionais para definir o percentual de aumento e diz não ter pressa de fechar um acordo. Sem prazo definido, o alvo inicial era abril, início do ano fiscal na Ásia. O aumento proposto pela Vale representa um valor de US$ 0,81 por unidade metálica. Segundo Agnelli, as siderúrgicas não apresentaram uma contra-proposta.

"O investimento tem ficado cada vez mais caro no Brasil e em outros lugares do mundo em razão do efeito do câmbio, da volatilidade das moedas, do aumento do custo de produção e dos equipamentos e serviços. É correto falar em um aumento do preço de pouco mais de 24%", disse.

Segundo Agnelli, a apreciação do real tem um impacto forte sobre os preços de equipamentos pesados, que também foram afetados pela alta do aço. O presidente da mineradora afirmou que os preços incluem a necessidade de manutenção do ritmo de investimento para atender a demanda futura.

O custo elevado de investimento no país também é motivo de preocupação para o presidente da CSA (Companhia Siderúrgica do Atlântico), Aristides Corbellini. A parceria da Vale com o grupo alemão ThyssenKrupp vai resultar na criação de uma usina no Estado do Rio com capacidade de produção de 4,4 milhões de toneladas por ano. O cronograma inicial prevê que a siderúrgica opere a plena capacidade no final de 2008. O presidente da CSA afirmou, no entanto, que encontra dificuldades para desenvolver o projeto dentro do orçamento. A produção será destinada para as plantas da ThyssenKrupp na Alemanha e para clientes da América do Norte.

Recém-chegado do Gabão, o presidente da Vale anunciou ainda que a companhia está investindo numa mina de manganês no país.
Fonte: Folha de São Paulo

Anuncie no Webmolas.com.br    Assine o Webmolas.com.br
 Contato    Cadastre-se
Resolução Mínima 800x600 © Copyright 2001 - 2007 WEBMOLAS